Generic selectors
Resultados que batem 100%
Buscar no título
Buscar no conteúdo
Buscar nos posts
Buscar nas páginas

Redação IBEGESP

04 junho 2019

Nenhum comentário

Casa Notícias

Administração Pública Federal tem 52 mil indícios de irregularidades na Folha de Pagamento

Administração Pública Federal tem 52 mil indícios de irregularidades na Folha de Pagamento

A fiscalização do TCU abarcou o período de setembro de 2018 a março de 2019

 

O Tribunal de Contas da União (TCU) emitiu um relatório de fiscalização sobre a Folha de Pagamento da Administração Pública Federal. O período abarcado pela fiscalização vai de setembro do ano passado a março deste ano. Em referência a estes sete meses, foram indicados pelo TCU mais de 52 mil indícios de irregularidades. Tais irregularidades, apontadas em órgãos dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, incluem: pagamentos de benefícios previdenciários, acumulação de cargos, proventos acima do teto, auxílio alimentação pago em duplicidade e nomeação de servidores que não poderiam assumir cargos públicos devido a penalidades administrativas ou judiciais.

 

Para que a fiscalização fosse realizada, foram cruzados dados cadastrais e a Folha de Pagamento de órgãos das esferas citadas, além do Banco Central, do Ministério Público da União, das Forças Armadas e de empresas estatais. Cabe aos gestores públicos destes órgãos esclarecer se os indícios de irregularidades procedem ou não. O TCU aguarda o esclarecimento sobre cerca de 35 mil registros. Vale lembrar que no dia 8 de maio, foi estipulado o prazo de 60 dias para que seja apresentado ao TCU um plano de ação e um parecer sobre os indícios.

 

A equipe do IBEGESP acredita que a otimização dos processos da Administração Pública e o princípio da transparência são essenciais para a sociedade brasileira. Por este motivo, recomenda que você, gestor(a), fique antenado nos resultados da fiscalização e nos pareceres dos órgãos públicos!

 

Fonte: Redação IBEGESP

Fonte Complementar: TCU