Redação IBEGESP

26 agosto 2019

Casa Notícias

CGU cancela pregões e evita prejuízo que poderia chegar a R$692,6 milhões

CGU cancela pregões e evita prejuízo que poderia chegar a R$692,6 milhões

Controladoria empreendeu estudo de identificação de irregularidades entre dezembro de 2018 e junho de 2019

 

A Controladoria Geral da União (CGU) cancelou e suspendeu pregões que estavam em processo na esfera federal da Administração Pública. Tais procedimentos licitatórios apresentavam risco de contratação e poderiam representar um prejuízo de R$692,6 milhões. O trabalho preventivo realizado pela CGU através da Secretaria Federal de Controle Interno (SFC) foi feito entre dezembro de 2018 e junho deste ano.

 

O secretário federal de Controle Interno do órgão, Antônio Carlos Leonel, afirmou que a Controladoria verifica contínua e sistematicamente pregões, de modo a evitar o comprometimento dos objetivos do processo licitatório. Dentre os riscos que se procura evitar, estão o direcionamento para alguma empresa, a falta de necessidade da contratação ou o sobrepreço de produtos e serviços.

 

Um dos métodos para encontrar irregularidades ou inconsistências nos pregões é a utilização do Sistema Alice; um software desenvolvido pela Controladoria que analisa os editais que são publicados no Portal de Compras do Governo Federal.

 

Vale lembrar que ocorreu um projeto piloto de acompanhamento de licitações entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019, tendo resultado no cancelamento de pregões relacionados à Tecnologia da Informação e gerado uma economia de mais de R$234 milhões.

 

A equipe do IBEGESP acredita que a análise atenta aos procedimentos licitatórios seja vital para o uso responsável dos recursos públicos. Para evitar que irregularidades ocorram, capacitamos gestores públicos com os cursos Intensivo de Licitações e Contratos Elaboração de Projeto Básico, Memorial Descritivo e Termo de ReferênciaConfira!

 

 

Fonte: Redação IBEGESP

Fonte complementar: Controladoria Geral da União