Corte de 70% em benefício para pesquisa científica causa revolta em parlamentares

Redação IBEGESP

29 janeiro 2021

Nenhum comentário

Casa Notícias

Corte de 70% em benefício para pesquisa científica causa revolta em parlamentares

Corte de 70% em benefício para pesquisa científica causa revolta em parlamentares

Medida do governo federal fez com que parlamentares entrassem na justiça

­

Após o governo federal cortar 70% da cota de importação de itens destinados à pesquisa científica, uma série de parlamentares entraram na justiça. Os deputados e senadores contrários à medida explicaram que o corte afeta as pesquisas sobre o coronavírus desenvolvidas pela Fundação Oswaldo Cruz e pelo Instituto Butantan. 
­
Vale lembrar que a cota que sofreu o corte é garantida por lei desde 2017. Em 2021, seu valor caiu de R$ 499,6 milhões para apenas R$ 93,29 milhões
­
Foram responsáveis por protocolar a ação contra o corte, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) e o deputado Felipe Rigoni (PSB-ES). 
­
A redação do IBEGESP sugere que todos os gestores públicos, em especial os que atuam no campo científico, acompanhem a ação!
­
Fonte: Redação IBEGESP
Fonte Complementar: Senado Notícias