O que o TSE tem feito pra evitar as fake news nas eleições de 2020?

Redação IBEGESP

12 novembro 2020

Nenhum comentário

Casa Notícias

O que o TSE tem feito pra evitar as fake news nas eleições de 2020?

O que o TSE tem feito pra evitar as fake news nas eleições de 2020?

Integrantes da CPMI das fake news se dizem pouco otimistas com resoluções do TSE

 

­

Desde as eleições de 2018 uma expressão tomou conta do debate político: sim, nós estamos falando das fake news. Por este motivo, em 2019 o Tribunal Superior Eleitoral lançou o Programa de Enfrentamento à Desinformação com Foco nas Eleições de 2020. O programa tem 57 instituições parceiras, inclusive o facebook, twitter e whatsapp.
­
Para além do Programa, também há em curso uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito das Fake News. O tema é tão sério que até mesmo as propagandas oficiais do TSE estão tratando dessa disseminação da desinformação. Vale lembrar algumas resoluções do TSE neste sentido:
  • Candidatos e partidos têm a obrigação de verificar a veracidade de uma notícia antes de propagá-la;
  • disparo em massa de propaganda eleitoral na internet é proibido.
­
Marcelo Ramos (PL-AM), integrante da CPMI, se disse pouco otimista com as ações tomadas pelo TSE, uma vez que os candidatos têm muito mais capacidade para produzir as fake news do que o TSE para controlá-las. E você? O que acha que deveria ser feito para combater a desinformação? 
­
Fonte: Redação IBEGESP
Fonte Complementar: Câmara Notícias