Servidores federais podem ser substituídos por máquinas

Redação IBEGESP

28 maio 2021

Nenhum comentário

Casa Notícias

Servidores federais podem ser substituídos por máquinas

Servidores federais podem ser substituídos por máquinas

27% de cargos vagos podem ser sucedidos por serviços automatizados
­

Segundo pesquisa realizada pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), cerca de 53,6 mil servidores públicos federais terão as funções aptas a serem aposentadas e substituídas por máquinas a partir de 2030.

­
O processo traçado na pesquisa foi o de avaliar a possibilidade de automação das atuais ocupações do Governo Federal e cruzar essa variável com a expectativa de aposentadorias para os próximos anos. O que se torna um importante indicador para os gestores se preparem para o futuro a curto e médio prazo, já que a estimativa feita para 2050 é que o número de servidores substituídos por máquinas passe de 90 mil.

­
Porém, parte da mudança já começa agora, visto que segundo o Painel Estatístico de Pessoal (PEP), em 2020 27% dos cargos que ficaram vagos por motivo de aposentadoria devem ser extintos e, possivelmente, compensados por serviços automatizados.

­
Os autores da pesquisa da ENAP ressaltam que os resultados estimativos não são a previsão de fim do emprego para algumas áreas, mas sim um movimento de substituição que está sendo naturalizado ao longo do tempo. É preciso atenção para que isso não afete variáveis como gênero e não aumente a desigualdade empregatícia.

­
Para os servidores, então, é recomendado o desenvolvimento de soft skills e atenção às áreas de sua atuação. Inclusive, já citamos sobre isso neste artigo.
­

Então, gestor, se mantenha informado, se capacite, busque seu desenvolvimento para estar preparado para as novidades do mercado. Se precisar de alguma orientação, entre em contato e converse com nossa equipe de relacionamento.
­
Fonte: Redação IBEGESP
Fonte Complementar: Gov.br